7 coisas que acontecem aos homens quando eles já não amo!

Os crimes atribuídos a abstinência refazer sobre eles. Que nós resolvê-lo por opção ou que seja imposta pelas circunstâncias, o nada de sexo que ele tem um impacto real sobre a sexualidade, bem como sobre a saúde física e moral? Se fazer amor regularmente é benéfico para a saúde, QI e a qualidade do sono, os períodos de "tempo morto" também tem implicações. Visão geral.

A abstinência sexual, estes grande mal entendido

 experiências dolorosas levar a uma certa recusa sexo levando a retirada em si mesmos, outros vêem este corpo de terapia silêncio e preferem conceder descanso de um guerreiro, geralmente seguindo uma sexualidade muito desenfreada quando outros serão alegrias satisfeitos de onanismo. É impossível colocar todos os abstêmios sob o mesmo rótulo, as razões para a abstinência variam, mas todos eles têm consequências. Quando o "nada de sexo" é prolongada, o retorno para o ato sexual não é uma sinecura, depois de frustração, lugar para dúvidas, o sentimento de vergonha e também bloqueios físicos.
 A longo prazo abstinência, é susceptível de afectar a reprodução. As mulheres que não tiveram filhos estão em maior risco de cancro do ovário, útero e mama.

Os 7 perigos colaterais da abstinência sexual em humanos

 Goste ou não, as consequências físicas são inevitáveis. As mulheres voltar a ser ativo depois de uma pausa sexual, abordar o sexo com apreensão e sofrem de problemas de lubrificação e contração dos músculos do assoalho pélvico. Uma chave, o prazer ea dor diminuiu.
 Para os homens, se os sintomas são diferentes, o risco é o mesmo. produção de adrenalina, devido ao estresse, atua negativamente na ereção, de difícil acesso ou início de outra forma.

1 - A escassez de sexo produz uma diminuição de testosterona. Nos seres humanos, a abstinência pode causar disfunção eréctil. Um estudo publicado pela American Journal of Medicine invoca um risco de 50% de disfunção eréctil em pessoas com a sexualidade activo.

2 - - o jejum sexual pode prejudicar a saúde da próstata e influenciar o risco de desenvolver câncer de próstata, quanto mais o homem tinha um sexo melhor será a sua próstata. O orgasmo sexual masculino é bom para a saúde, é evidente a partir de um estudo publicado na revista médica Cancer Epidemiology. Um homem irá ejacular, pelo menos, 21 vezes por mês para reduzir em 22% o risco de desenvolver cancro da próstata. Mais concretamente, este âmbito de protecção é explicado pela diminuição na cancerígenos no fluido prostático.

3 - Embaraçoso, polução noturna, essas ejaculações involuntárias que ocorrem durante o sono não são a preservação de adolescentes em plena descoberta de sua sexualidade. Na idade adulta, estes sonhos molhados são mais frequentes em resposta à abstinência sexual ou um congestionamento de esperma nos testículos.

4 - O pênis tem sua ereção para o bom funcionamento do sistema nervoso que encaminha os sinais de excitação do sistema circulatório que alimenta o pénis e pênis e músculos. Como todos os tendões, a falta de formação e altera as suas causas distrofia.

5 - Os meses e anos passam, em última instância, fazer amor não perde-lo muito. Gare este hábito que altera o gosto pela atividade sexual. Neste ponto da abstinência, sua libido, motor emocional do desejo, é reduzida e precisa ser excitado. Não desenhar uma linha sob o sob o pretexto de que já não conecta.

6 - Sex equivale a um gasto de energia média de 100 calorias. A atividade sexual deve, portanto, ser os níveis de atividade física recomendados. A testosterona tem provado ação sobre o desempenho muscular durante o exercício. Tal como acontece com qualquer actividade física, a intensidade do acto sexual afecta a fadiga do corpo. A menos que você está disposto e treinados, quanto mais você usa-se.

7 - A ejaculação precoce é a disfunção sexual mais comum, um terço dos homens são afetados. Isso também pode estar presente em um homem normal e saudável. Outros fatores também estão envolvidos, vamos mencionar uma hipersensibilidade da glande, o corolário à ansiedade sexual desempenho, genética ou problemas de relacionamento com seu parceiro.

(0)
(0)
Comentários - 0
Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha