Desastre ambiental no Brasil: a maré tóxica atinge o oceano. É a morte e destruição

Em completo silêncio da mídia, em 5 de Novembro foi consumida no Brasil o pior desastre ambiental da história do país: duas barragens que contêm vários milhões de resíduos de operações de mineração de resíduos entrou em colapso.

Um fluxo incessante de lama ferrosos contaminados por arsênico, chumbo, cromo e outros metais pesados ​​invadiu a cidade de Mariana, no estado de Minas Gerais continua imparável, seu caminho de morte e destruição.

O lodo que causou a morte de 17 pessoas e obrigou centenas de deixar suas casas é o produto de resíduos das operações de mineração realizadas para a extração de ferro. Sessenta milhões de metros cúbicos, terminou no Rio Doce - do Rio Doce - que estão contaminando a água eo solo, destruindo a flora e fauna que encontram em seu caminho.

Estes dias, na verdade, áreas, terras, casas, habitats sensíveis protegidas estavam cobertas de lama vermelha. Há temores de danos permanentes ao ecossistema.

Ainda não sei o que as causas que levaram ao colapso de barragens que contêm o lixo tóxico, mas você sabe, de acordo com o que diz o diário, que o dia em que houve o colapso dos trabalhadores estavam realizando as intervenções destinadas a expandir a barragem para acomodar um maior número de rejeições.

Enquanto isso, a lama continua o seu caminho e em 22 de novembro, ele chegou no Oceano Atlântico.

Apesar do alerta precoce, o rio de substâncias tóxicas chegou a tocar uma das regiões com maior biodiversidade no Brasil.

Em uma entrevista com a BBC, Andres Ruchi, diretor da Escola de Biologia Marinha de Santa Cruz, no estado do Espírito Santo, disse que a lama pode ter um impacto devastador sobre a vida marinha depois de atingir o mar. Ruchi explicou que a área perto da foz do Rio Doce é uma reprodução lugar de muitas espécies animais, incluindo tartarugas, golfinhos e baleias.

"A chegada da lama tóxica no oceano pode ter um impacto ambiental equivalente à contaminação de uma floresta tropical do tamanho do Pantanal brasileiro", disse Ruchi, e que poderia levar 100 anos para voltar a uma situação normal.

Um desastre de proporções globais que quase ninguém falou.

Entre as principais vítimas deste desastre ambiental, há Krenak índios, os povos indígenas que vivem nas margens do rio poluído. A lama está em toda parte, e envolve os peixes e outros animais mortos.

Aqui estão algumas fotos que mostram a devastação causada por este rio da morte:

A barragem desmoronou chamado Samarco Mineração SA, e é controlada pela anglo-australiana BHP Billiton e Vale do Brasil, ambos os gigantes das minas.

De acordo com um relatório no The Daily, parte da responsabilidade a atribuir às graves deficiências em termos de manutenção e segurança feitas pela empresa: no plano de evacuação, nenhum protocolo para lidar com emergências. A espera desastre acontecer, como o mais recente relatório denunciando os riscos de datas barragem de resíduos de volta a 2013.

Até à data, a Samarco repete que os materiais são não-tóxicos. No site da Air Products, no entanto, os produtores dizem que as aminas éter "não é facilmente biodegradável e tem alta toxicidade para os organismos aquáticos." Na verdade, as autoridades indicam que é perigoso usar água contaminada.

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, disse que a Samarco não está fazendo o suficiente. A presidente Dilma Rousseff, no entanto, que a empresa terá que pagar para a limpeza e para a compensação para o abastecimento de água. Se você considerar todo o rio, ea poluição tem acumulado ao longo das últimas décadas arrastados para o mar junto com as águas ferrosos, os bilhões de limpeza são estimados em cerca de 27. Mas quem sabe se alguém vai pagar por essa bagunça. No entanto, continua a ser uma certeza amarga que, antes de a sede de dinheiro ninguém aprende com seus erros.

(0)
(0)
Comentários - 0
Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha